Segunda, 02 de agosto de 2021
(11) 91135-9081
Cidades

22/06/2021 às 10h36

88 visualizações

Ana Flávia Rodrigues

Cajamar / SP

Cuidados com a prevenção da dengue devem ser mantidos no isolamento, alerta Saúde de Cajamar
Secretaria de Saúde faz alerta sobre importância dos cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Segundo a gestão, 80% dos focos de do mosquito estão nas casas das pessoas.
Cuidados com a prevenção da dengue devem ser mantidos no isolamento, alerta Saúde de Cajamar
Foto: Shutterstock
Enquanto as atenções estão concentradas no coronavírus, outras doenças, já bem conhecidas pelapopulação, podem ganhar força. Os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika devem ser mantidos durante o isolamento social. O alerta é da Secretaria Municipal de Saúde e da Divisão de Zoonoses de Cajamar.

A gestão municipal destaca que os principais focos de proliferação do mosquito ainda estão do portão para dentro, ou seja, nos quintais de suas residências. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 80% dos focos de Dengue estão nas casas das pessoas.

A orientação é conservar a caixa d'água, tonéis e barris de água bem fechados; colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira fechada; não deixar água acumulada sobre a laje, manter garrafas com boca virada para baixo; acondicionar pneus em locais cobertos; proteger ralos sem tampa com telas finas, encher pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda e lavá-los uma vez por semana são algumas das medidas de prevenção.

Fique atento aos sintomas das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti:

Dengue: febre alta, dor de cabeça, dor muscular, dor ao movimentar os olhos e manchas vermelhas pelo corpo.

Chikungunya: febre alta, dores no corpo, dores intensas e inflamações nas articulações.

Zika: vermelhidão e coceira em todo o corpo, febre baixa, olhos vermelhos sem secreção, dores nas articulações

Caso o munícipe apresente alguns desses sintomas, incluindo cansaço, vômitos, enjoos, deverá procurar imediatamente uma Unidade de Saúde mais próxima de sua residência. Em caso de dúvidas, ligue para a Divisão de Zoonoses (11) 4447-5107


Deixe seu Comentário
Veja também
Facebook
© Copyright 2021 - Tribuna Notícia