Quarta, 19 de janeiro de 2022
(11) 91135-9081
Saúde

02/12/2021 às 16h45 - atualizada em 02/12/2021 às 16h52

115 visualizações

Ana Flávia Rodrigues

Cajamar / SP

Governo de SP mantém obrigatoriedade de máscara e reduz intervalo da dose reforço
O uso permanecerá obrigatório em todos os ambientes. Gestão estadual reduziu o intervalo da dose reforço de 5 para 4 meses.
Governo de SP mantém obrigatoriedade de máscara e reduz intervalo da dose reforço
Foto: Divulgação/Governo de São Paulo
O governo de São Paulo desistiu de liberar o uso de máscara em ambientes ao ar livre, medida que estava prevista para entrar em vigor no dia 11 de dezembro.

O uso permanecerá obrigatório em todos os ambientes, seja externos ou em áreas internas e no transporte público, inclusive dentro das estações e terminas de ônibus.

"Na recomendação feita ao Governo de São Paulo, o Comitê Científico apontou que há incertezas quanto ao impacto da variante ômicron às vésperas do fim de ano. Os períodos de Natal e do Réveillon costumam provocar grandes aglomerações, o que facilita a transmissão de doenças respiratórias como a Covid-19", diz a nota da pela gestão estadual.



REDUÇÃO NO INTERVALO DA DOSE REFORÇO

O governo do estado anunciou também anunciou nesta quinta-feira (2) a redução de 5 para 4 meses o intervalo para aplicação da dose adicional da vacina contra a Covid-19 em São Paulo.

A medida vale para quem tomou duas doses dos imunizantes do CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer.

Para a decisão, o Comitê Científico do Coronavírus da gestão estadual considerou os três casos da variante ômicron em São Paulo.

O governo tem autonomia para definir o esquema vacinal do estado. Desde o início da pandemia, os estados e municípios têm adotado calendários diferentes do Plano Nacional de Imunização e aplicando a vacina contra a Covid-19 conforme as suas regras.



Deixe seu Comentário
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 - Tribuna Notícia